Sabe todo o dióxido de carbono que consideramos poluentes? Diversas empresas originam novos produtos a partir dele, sabia?

Na Imperial College, em Londres, o novo campus será equipado com um método de captação de energia solar que transforma a energia em nada menos que alimento! Os “painéis biosolares” implantados se valem de um organismo que consome o dióxido de carbono do ar e produzem oxigênio 100 VEZES mais rápido do que as árvores, como consequência, essas algas produzem uma proteína de alto valor biológico que pode ser colhida e utilizada para fins nutricionais!


(Imperial College London/Thomas Glover)

Na Suiça, a Climaworks captura CO2 do ar com uma tecnologia de remoção do gás através de plantas e assim liberar um futuro de emissões negativas. Assim, eles conseguem remover 900 toneladas de dióxido de carbono por ano!
Este gás puro resultante é vendido aos clientes de diversos mercados: agricultura comercial, indústrias de alimentos e bebidas, setor de energia e indústria automotiva.

O primeiro edifício revestido de painéis de microalgas que fornecem energia renovável em Hamburgo, na Alemanha.


(Colt International, Arup, SSC GmbH)

Deixe uma resposta